Ressecamento, aspereza e afinamento dos fios, diminuição do brilho e da velocidade de crescimento e maior propensão à quebra são alguns dos sintomas do envelhecimento capilar. O tema foi um dos destaques da edição 2018 do Congresso da Academia Americana de Dermatologia – o 2018 Annual Meeting, saiba mais aqui –, que abordou também as novidades em tratamento para o problema.

Na Clínica Luciana Maluf, além dos procedimentos indicados para doenças do couro cabeludo – entre outras, a dermatite seborreica e as alopecias (de fundo genético ou cicatricial) –, oferecemos outros tratamentos de última geração (muitos deles abordados no evento) que, combinados, alcançam ótimos resultados – num período menor de tempo – no fortalecimento dos fios, deixando-os mais saudáveis, recuperando o brilho dos cabelos, aumentando a elasticidade e combatendo o ressecamento.

Um dos destaques é a combinação entre microagulhamento (saiba mais aqui) e drug delivery (entrega de substâncias – saiba mais aqui). Nesses casos, essa entrega de medicamentos penetra mais facilmente a pele através dos micro-furos feitos pelas agulhas. Essa técnica, intercalada semanalmente com a injeção intradérmica de fármacos visa atuação no couro cabeludo e bulbo capilar.

Cada uma a seu modo, essas substâncias agem para “acordar” as células, recuperando ou acelerando a produção de fios junto ao bulbo capilar (nas camadas mais profundas da pele), estimulando o crescimento e a produção da queratina que forma os fios.

Manutenção em casa

Ebook-home-care

Além dos procedimentos no consultório, o tratamento completo prevê também uma manutenção feita pelo paciente, via oral e tópica, com o uso de formulações desenhadas especificamente para cada caso.

Na forma para ser ingerida, a formulação mais completa deve conter:

Exsynutriment – fármaco que se acumula na derme capilar, favorecendo uma síntese de colágeno, permitindo uma ancoragem com alta eficiência, diminuindo a quebra do cabelo, também resultando numa melhora significativa da densidade capilar.

Bio-Arct – confere às células e mitocôndrias a capacidade de aumentar a produção do oxido nítrico, que promove uma vasodilatação no couro cabeludo, o que aumenta o aporte de fluxo de nutrientes e oxigênio, deixando o bulbo capilar mais saudável e mais resistente para produzir o cabelo.

Glycoxil – potente antioxidante e antiglicante (que reverte o chamado processo de glicação – a destruição das fibras de colágeno desencadeada pela ingestão de açúcar), protege o couro cabeludo contra os radicais livres e os derivados de ações externas, como o sol, o calor, o estresse.

Já para a aplicação tópica, mostram excelentes resultados:

Minoxidil – vasodilatador importante para o crescimento do cabelo

Alistin – peptídeo (biomolécula formada pela ligação de dois ou mais aminoácidos) com atividade antiglicante, capaz de proteger as proteínas estruturais e restabelecer a homeostasia (regulação pelo qual um organismo mantém constante o seu equilíbrio) do couro cabeludo, melhorando a ancoragem do fio e diminuindo o estresse oxidativo.

Arct-alg – ajuda a prolongar a fase de crescimento do cabelo e retarda a chamada fase catágena, responsável pelo enfraquecimento que precede a interrupção do crescimento e a morte do fio. A substância é rica em aminoácidos, contendo nitrogênio, também combate o déficit energético e auxilia na homeostase capilar.

Capillisil HC – atua no bulbo capilar e fibroblastos, estimulando a produção do colágeno, também melhorando a qualidade da ancoragem do fio – o que diminui a queda e o ressecamento.

Com esses recursos, conseguimos uma resposta mais rápida para o tratamento capilar – que, dada a natureza do problema, tende a ser um pouco mais prolongado. Lembrando sempre que é imprescindível um diagnóstico preciso de cada caso, a fim de que as indicações se ajustem a cada necessidade.